Atas das Sessões Plenárias

Ata da 267ª Sessão Ordinária do oitavo período de Legislatura da Câmara Municipal de Cantagalo

Ata da 267ª Sessão Ordinária do oitavo período de Legislatura da Câmara Municipal de Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro, realizada aos oito dias do mês de novembro de dois mil e dezesseis, às dezoito horas e trinta minutos, sob a Presidência do Vereador Homero Ecard Roque e que contou com a presença dos Vereadores Antônio Geraldo Moura Lima, Ciro Fernandes Pinto, Emanuela Teixeira Silva, Jorge Carlos Carvalho Quindeler, Ocimar Merim Ladeira, Renata Huguenin de Souza a exceção dos Vereadores Carlos Tadeu da Silva Leite, José Augusto Filho e Sebastião Carvalho Cesário. A seguir, o presidente solicitou do assessor de comunicação à leitura da ata da Sessão anterior, que após ser lida, obteve aprovação por unanimidade dos presentes. Na sequência, o presidente solicitou a leitura do expediente recebido, que contou do seguinte: PODER EXECUTIVO: Ofício n.º 043/2016; PODER LEGISLATIVO: Parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final ao Projeto de Lei n.º 035/2016. A seguir, o presidente convidou a todos para de pé acompanhar a leitura do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas Capítulo 17, Vers. 20-25. Em seguida, segundo a ordem de inscrição, fez uso da palavra o Ver. Ciro Fernandes para falar que o requerimento que fez ao executivo, a resposta veio hoje, não leu ainda a resposta, mas sabe que tem setenta e nove cargos comissionados, e está ouvindo dizer que o prefeito que vai entrar vai diminuir secretarias. Disse que está na hora do prefeito que vai sair, se ele realmente quiser ajudar Cantagalo, pelo menos fazer alguma coisa antes de ir embora, mandando um projeto para a câmara extinguindo esses setenta e nove cargos comissionados, porque esses cargos vão ser boca para neguinho mamar na teta da prefeitura durante quatro anos, e se a prefeitura está passando por dificuldade, que o prefeito tenha um pouquinho de consciência. Tem também gratificações para os funcionários, são dezenas e mais dezenas, mas são os funcionários que ajudam os secretários, porque eles entram sabendo nada, é o funcionário que ensina tudo a ele, então, não é mexer na gratificação do funcionário, mas esse que vai deixar o caminho limpo para o outro, então, devia mandar um projeto acabando com esses cargos, que será um cabide de emprego para a turma que se envolveu na política, porque tinha até advogado enfeitando palanque, o cara estuda para ser advogado, e ficou enfeitando palanque com bolinha para ver se arruma uma boquinha. Em seguida, o Ver. Ciro disse que tivemos a reunião hoje com a presidente do IPAM, na qual aquele senhor do Rio veio aqui e explicou, explicou e ele não entendeu nada. Então, como ele não entende nada de previdência, começou a se interessar agora a partir desse projeto, isso vai ser responsabilidade nossa se amanhã isso prejudicar os funcionários, então, gostaria que os nobres vereadores procurassem ouvir os advogados, porque ouviram falar várias coisas aqui hoje, inclusive que o IPAM será prejudicado, mas é tudo mentira, se continuar do jeito que está não vai deixar de receber nada, pelo contrário, estaremos garantindo o direito desses funcionários se aposentarem no futuro. Sendo assim, gostaria que os vereadores procurassem o sindicato e o procurador da câmara para se esclarecer, porque hoje o procurador defendeu os funcionários, disse a verdade, sem lado, e se explicou muito bem, e foi muito importante sua vinda à reunião. Finalizando, o Ver. Ciro solicitou ao presidente que em hora oportuna o autorizasse fazer a entrega da Moção de Parabenização pelo Dia dos Servidores Públicos, pois sabem que com problema ou sem problema, é o funcionário que toca a nossa cidade, razão pela qual ele parabenizou a todos os servidores públicos do município. Finalizando os trabalhos, o presidente acatou a solicitação do vereador e convidou o Senhor Edualdo barros Ortega, Presidente do SINSECAN, para receber das mãos do Ver. Ciro Fernandes Pinto a Moção de Parabenização aos servidores públicos municipais. Após receber a moção, o senhor Edualdo Barros Ortega, disse sentir-se honrado por estar representando os servidores públicos do nosso município, e em nome deles agradeceu a homenagem ao autor e aos demais vereadores. Nada mais havendo a ser tratado, o presidente agradeceu a presença de todos, e deu por encerrada a sessão, que para constar eu, Rafael Silva Carvalhaes, 1º Secretário lavrei a presente ata que vai por mim assinada, pelo Presidente e pelo 2º Secretário. Sala das Sessões Patrono Cívico Tiradentes, em 10 de novembro de 2016.

Deixe seu Comentário

Recent Works

Back-To-Top
Skip to content