Atas das Sessões Plenárias

Ata da 51ª Sessão Ordinária do segundo período de Legislatura da Câmara Municipal de Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro

Ata da 51ª Sessão Ordinária do segundo período de Legislatura da Câmara Municipal de Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro

Ata da 51ª Sessão Ordinária do segundo período de Legislatura da Câmara Municipal de Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro, realizada ao primeiro dia do mês de outubro de 2013, às 18 horas e trinta minutos, sito à Rua Chapot Prevost, n.º 193, sob a Presidência da Vereadora Renata Huguenin de Souza e que contou com a presença dos Vereadores Antônio Geraldo Moura Lima, Carlos Tadeu da Silva Leite, Ciro Fernandes Pinto, Emanuela Teixeira Silva, Homero Ecard Roque, José Augusto Filho, Jorge Carlos Carvalho Quindeler, Ocimar Merim Ladeira, Rafael Silva Carvalhaes e Sebastião Carvalho Cesário. Em seguida, a Presidente solicitou a leitura da Ata da Sessão anterior, que após ser lida obteve aprovação com a correção solicitada pelo Ver. Homero Ecard Roque. Na sequência, a Presidente solicitou a leitura do expediente recebido que constou do seguinte: PODER EXECUTIVO: Ofício n.º 046/2013; PODER LEGISLATIVO: Projeto de Resolução n.º 006/2013, da Mesa Diretora; Parecer da Comissão de Finanças e Orçamento ao Projeto de Lei n.º 057/2013; Indicação n.º 175/2013, da Vereadora Emanuela Teixeira Silva; Indicação n.º 176/2013, do Ver. Ciro Fernandes Pinto; Moção de Parabenização apresentada pelo Ver. Ciro F. Pinto, pelo Dia Internacional do Idoso. Em seguida, a Presidente convidou a todos para de pé acompanharem a leitura do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas Capítulo 9, Vers.51-56. Em seguida, segundo a ordem de inscrição, fez uso da palavra o Ver. Homero Ecard para falar do resultado do pedido de medida disciplinar pelo Ver. José Augusto Filho, para tanto disse: “Eu não esperava resultado diferente, porque em momento nenhum eu quis ofender o vereador naquele momento ali, então, é o seguinte, eu não vejo, a defesa que eu fiz achei que foi uma defesa a presidente, ela acatou a minha defesa. Então, em momento nenhum, eu respeito o vereador, eu respeito aos munícipes principalmente, porque nós estamos aqui representando o povo, então, até o que houve na sessão passada, é que nós estamos aqui, as diferenças existem realmente, existe a diferença, mas nós temos que conviver com as diferenças, senão, nós perdemos o equilíbrio e vamos começar a ofender pessoalmente e não é isso que nós queremos, nós queremos fazer um trabalho para o povo, trabalhar em prol do povo, vendo os interesses do município, é isso que nós queremos”. Aproveitou também, para defendendo os direitos do povo, tem certeza que o vereador também está aqui para defender os direitos do povo, legislar em favor do povo. “Com relação ao caso do paciente do Sistema Único de Saúde, que foi pedido o carro, no caso por ser particular, eu procurei saber, não é o caso de ser particular, é porque existe um critério, um agendamento prévio e a prioridade realmente é o paciente do SUS. O que aconteceu, segundo o coordenador, esse contato foi feito por telefone, a pessoa não foi lá pessoalmente para estar pedindo esse carro, e segundo ele, o seguinte, ele iria propor que fosse feito, porque realmente sendo particular você consegue até de um dia pro outro ou com dois três dias, e os carros estavam realmente ocupados, então, se fosse o caso da pessoa poder remarcar, ela iria ser atendida sendo particular, mas que existe realmente a prioridade, até porque tem agendamento lá por trinta dias, está aberto o livro, então, foi o chefe do transporte justificou sobre isso”. Em aparte, o Ver. José Augusto Filho disse: “Eu, quando cobrei a situação da Mesa, eu fiquei de fato chateado, não tem problema nenhum, eu acho que da posição que vossa excelência está tomando, acho que vossa excelência está até querendo pedir desculpas, porque foi uma falha e a gente erra, como eu errei, falei que a Mesa estava brincando comigo, essas coisas a gente fica irritado e de fato erra, eu não estou me importando com isso não, na hora a gente, então, isso passou, acabou, vamos acabar com isso, e eu quero deixar bem claro que não tem nada pessoal presidente, eu queria ver algum tipo de providência da mesma forma que aconteceu com o nosso colega aqui”. Com relação a essa situação do carro, é de fato e foi com alguns dias de antecedência, mas de fato o Tim me procurou depois e falou que não, manda a pessoa lá que eu vou dar um jeito, vou mandar levar, tudo bem. O senhor sabe que o Neuro não dá conta, não tem como atender toda a comunidade, acho até que nós devíamos fazer uma indicação pedindo mais um, porque um só é pouco e ele atende ainda a Pestalozzi. Retornando a sua oratória o Ver. Homero disse: “Não é bem um pedido de desculpas, estou dizendo que eu acho que vamos ficar nessa discussão e realmente são casos distintos, são diferentes, e não podem ser julgados da mesma forma, eu continuo na minha posição, só não vamos ficar aqui discutindo essa coisa toda, mas eu continuo dizendo que, eu tinha plena convicção que não podia ser diferente, mas de qualquer maneira eu agradeço”. Em seguida, fez uso da Tribuna o Ver. Ciro Fernandes para inicialmente falar que, infelizmente, não poderá comparecer a sessão da próxima quinta-feira, em Euclidelândia, porque tem um compromisso no Rio de Janeiro, uma reunião com o seu partido, que já estava marcada há bastante tempo, foi às outras sessão, mas nessa infelizmente não poderá ir. Em seguida, o Ver. Ciro parabenizou pelo Dia do Idoso, que ocorre nesta data, fez uma moção para o IPAM, desejando que Deus continue abençoando a todos os funcionários da prefeitura que se doaram em prol da nossa cidade. Finalizando os trabalhos, a presidente comunicou que, na próxima quinta-feira a sessão acontecerá em Euclidelândia, encerrando assim, às sessões itinerantes realizadas em 2013. Nada mais havendo a ser tratado, a Presidente anunciou para a próxima sessão a Tribuna Livre com o Sr. Saulo Gouvea, Prefeito Municipal, e para a ordem do dia deixou anunciadas as matérias que ficarem prontas. Agradecendo a presença de todos, deu por encerrada a sessão, que, para constar eu, Sebastião Carvalho Cesário, 1º Secretário lavrei a presente ata que vai por mim assinada, pelo Presidente e pelo 2º Secretário. Sala das Sessões Patrono Cívico Tiradentes, em 1º de outubro de 2013.

Recent Works

Back-To-Top