Noticias

CPI em Cantagalo convoca proprietário do laboratório Exata e adia prazo de entrega do relatório em 30 dias

CPI em Cantagalo convoca proprietário do laboratório Exata e adia prazo de entrega do relatório em 30 dias

Foi realizada em Cantagalo nesta quinta feira, dia 17, mais uma sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na sala Patrono Cívico Tiradentes, na sede da Defesa Civil, aonde vem sendo realizadas as sessões da Câmara Municipal de Cantagalo.

Nesta sessão, foi convocado para depor sobre as denúncias de fraudes nos serviços de laboratório contratados pela Secretaria de Saúde, o proprietário do Laboratório Exata, o Sr Fábio Gonçalves do Carmo, atual proprietário, e marido da ex-Chefe de Gabinete do Prefeito Saulo Gouveia, Ana Paula Pizzo Giron.

“As investigações iniciaram após a denúncia de um cidadão cantagalense, ex sócio do laboratório, que alegou fraudes e adulterações de resultados e pedidos de exames. Além disso, o laboratório vinha usando a estrutura de funcionários e logística da prefeitura para recolher os materiais, o que não estava previsto em contrato,” disse o relator da CPI, José Augusto Filho, o Zé da Uta.

A partir deste inquérito, a comissão convocou a Secretária de Saúde Vânia Huguenin, Marilda Guimarães, chefe do controle interno, e o biólogo Esdras Gil para deporem. Devido a estas novas convocações, os membros da CPI, Sebastião Cesário, o Tião Carne Seca, o presidente da Comissão, o vereador Ciro Fernandes Pinto, e o relator, Zé da Uta, decidiram adiar o período de investigação para entrega dos relatórios em mais 30 dias.

“Temos muitas questões ainda para investigar, e temos certeza que faremos um trabalho justo, que não visa prejudicar ninguém, mas que faz parte do papel do vereador, que é o de fiscalizar as ações do poder executivo”, finalizou Zé da Uta.

[singlepic id=153 w=320 h=240 float=center]

[singlepic id=154 w=320 h=240 float=center]

Deixe seu Comentário

Back-To-Top